Programa de Desenvolvimento da Alimentação, Confeitaria e Panificação
Home Quem Somos Projetos Contato
Indicadores Publicações Técnicas Notícias Eventos
Professora muda a carreira e faz sucesso com pães artesanais
NOTÍCIAS VOLTAR
Professora muda a carreira e faz sucesso com pães artesanais
por Flávia Sarmento
17/07/2015

A paixão pela gastronomia surgiu na infância, mas quando chegou o momento de se decidir por qual profissão iria escolher, a paulista Julice Vaz optou por cursar letras e filosofia da arte.  E nem por isso deixou de ficar longe da cozinha. Mas era apenas uma diversão.

Mas, em 2006, Julice resolveu dar uma guinada em sua vida profissional. E foi então que os livros e salas de aula deram lugar aos pães, croissants e outras delícias artesanais.

Um casarão charmoso bem ao estilo francês. Lá dentro, à venda, 90 tipos de pães e doces, tudo artesanal. Do lado de fora, os produtos são servidos no café da manhã.

A boutique de pães foi aberta pela Julice em 2011. Nesta época ela abandonou a profissão de professora para se aventurar como empresária. Investiu R$ 2 milhões na compra do ponto e na montagem da loja. Logo o pão integral com linhaça e castanha do Pará, croissant e ècler despontaram na preferência do público. A intenção inicial era vender os produtos, mas, os clientes queriam mais…

“Criou-se uma série de kits onde as pessoas poderiam ir degustando. E aí a gente foi aumentando a linha, à medida que nós percebíamos que tinha demanda”, revela Julice Vaz, empresária.

Tudo que é vendido ou servido na boutique é fabricado lá mesmo. Por mês são gastos duas toneladas de farinha de trigo. A própria Julice faz questão de pôr a mão na massa. Uma forma de fazer o controle de qualidade. E não é segredo para ninguém: ela é exigente.

A base da receita é francesa, a combinação de ingredientes é uma os segredos do negócio. Frutas, ervas, grãos importados dão aos pães sabores diferentes. Mas nada se compara ao fermento. Trazido da Califórnia, é cultivado há 90 anos.

Julice não revela quanto fatura, mas afirma que as vendas crescem, em média, 30% ao ano. E o próximo desafio é capacitar ainda mais os funcionários.

“O conceito do negócio é muito simples: você capacita esse funcionário, você o motiva, você deixa ele satisfeito, você dá a capacitação para ele, e a partir disso ele vai cuidar dos nossos clientes, os nossos cliente,s estando satisfeitos, voltarão e nos trarão resultado”, explica Julice Vaz, empresária.

Confira, no vídeo, a entrevista com Julice Vaz: http://g1.globo.com/globo-news/conta-corrente/videos/t/todos-os-videos/v/professora-troca-os-livros-pela-cozinha-e-faz-sucesso-com-paes-artesanais/3085846/

 Fonte: Conta Corrente | Globo News | 17de janeiro de 2014

 
 
 
CLIPPING DAPANIFICAÇÃO
BRASILEIRA
Acompanhe semanalmente o compilado de notícias sobre o setor de panificação e confeitaria
NEWSLETTER PANIFICAÇÃO EM REDE
Acompanhe as últimas novidades do convênio ABIP/ITPC/SEBRAE
 
 
CONTATO
ESCRITÓRIO CENTRAL BELO HORIZONTE
Rua Espírito santo, 1204 - 10º andar - centro 30160-031 - Belo Horizonte/MG
(31)2101-9999
propan@propan.com.br
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
 ASSINE