Programa de Desenvolvimento da Alimentação, Confeitaria e Panificação
Home Quem Somos Projetos Contato
Indicadores Publicações Técnicas Notícias Eventos
Troféu Domingos Costa premia os destaques do Propan
NOTÍCIAS VOLTAR
Troféu Domingos Costa premia os destaques do Propan
por Renato Faria
17/07/2015

As empresas de maior destaque entre aquelas atendidas pelo ITPC e Propan foram premiadas com o prêmio "Empresa Destaque Propan, dia 24 de outubro, no segundo dia do Seminário ABIP/PROPAN, dentro da Superminas Food Show, em Belo Horizonte/MG. Neste ano, foram seis empresas agraciadas, vindas de Minas Gerais, Amapá, Paraná e São Paulo.

 

Os premiados foram os seguintes: Pão da Vida, de Macapá/AP, categoria Inovação em serviços; Vianney - A grife do pão, de Belo Horizonte/MG, por "Gestão de Pessoas"; Center Pão, de Montes Claros/MG, pela atuação e "Inovação em Mercado"; Padaria Brioche, de Curitiba/PR, na categoria "Conceito de Loja"; "Delícias do Forno", do Rio de Janeiro/RJ, por "Gestão de Compras e Controle de Estoque" e Donabella Casa de Delícias, de Taubaté/SP, pelo trabalho em "Marketing e Vendas". Cada um recebeu o troféu "Domingos Costa", homenagem ao empresário, presidente da Vilma Alimentos e um dos criadores do Propan, falecido em 2012.

 

Premiados

 

Cada premiado recebeu um troféu e um certificado, de acordo com a categoria em que foram premiados. Houve ainda a exibição de vídeos de todos, mostrando os diferenciais que os levaram a serem laureados.

 

Manoel Medeiros da Pão da Vida de Macapá, destacou toda a mudança pela qual sua empresa e a própria panificação do Amapá passaram desde 2008, quando visitaram a feira MinasPão em Belo Horizonte/MG e buscaram novos conceitos de administração. "Quero trazer minha palavra de gratidão à Márcio Rodrigues e sua equipe, à ABIP e também ao SEBRAE/AP, quando houve uma grande virada para o setor ao elaborar um projeto exclusivo para a Panificação". A Pão da Vida hoje é uma padaria gourmet que conta com 67 funcionários e oferece restaurante, pizzaria, espaço para festas, além de fornecimento de pães para clientes externos como hoteis e bancos.

 

Isabella Santiago veio com seus pais e mais vários representantes da equipe, e destacaram o trabalho que motivou o prêmio pela gestão de pessoas. A Vianney, que fica num bairro tradicional de Belo Horizonte mostrou a atividade desenvolvida pelo seu setor de Recursos Humanos. A empresa realiza ações como pesquisa observacional em cada setor, pesquisas de clima que permitem mapear a atuação da equipe.

 

Além disso, é feito um plano estratégico de gestão de pessoas, que envolve maior participação da administração em todos os processos, avaliações de desempenho, formalização de processos, treinamentos de integração para novos funcionários. Isabella destaca que "o foco em resultado trouxe também a satisfação dos colaboradores", que têm um programa de benefícios e, entre outras ações, o acompanhamento de uma nutricionista em relação à alimentação que ingerem no dia a dia. Outro destaque é a implantação do Grupo de Aperfeiçoamento de Processos - GAP que cuida de melhorar toda a rotina de trabalho e do Grupo de Excelência - GE, o qual é direcionado ao aprimoramento da média gerência.

 

A Center Pão, de Montes Claros, norte de Minas, vai completar 20 anos de funcionamento e nesse período saltou de um espaço de 140m² para 800m², empregando hoje 200 pessoas e cinco lojas. A empresa esteve representada pelos sócios e irmãos Rosa e Ricardo Alencar, que contaram a história da empresa e o sentimento de felicidade pelo trabalho realizado. "O sucesso da padaria muito nos orgulha", afirmou Rosa Alencar. Ela ainda agradeceu a Márcio Rodrigues e sua equipe pelo que ajudaram a padaria a ser o que é hoje, destacando que "são parceiros de verdade".

 

Já Cristina Miara, da Padaria Brioche, de Curitiba lembrou que a cada dia se pode inovar, fazer aquilo em que se acredita, pois apenas copiar o que os outros fazem não dá certo, lembrando ainda que o desafio maior foi o de formar uma equipe. A Delícias do Forno, empresa do Rio de Janeiro destoa da maioria por enviar um representante que não era ligado à família que originou a empresa. José Freitas foi um profissional contratado para gerir a padaria e desde então trabalha com os 100 funcionários e mantém o CMV (custo variável) em "linha reta, o que é fruto de uma boa gestão", como afirmou. Daí o prêmio pela gestão de compras e controle de estoque.

 

Os irmãos Suzane e Gustavo Taube premiados pela atuação em Marketing e Vendas preferiram enfocar a competência de todos os premiados e a própria evolução que o setor de Panificação e Confeitaria brasileiro vem passando. Mas não deixaram de contar um pouco da razão de sucesso da Donabella Casa de Delícias. "O primeiro ponto a se tratar a respeito de vendas é a informação", coloca Suzane Taube. "E nem sempre essa informação está disponível para a equipe de forma clara, daí a importância da comunicação na empresa", continuou, exemplificando que na padaria, os funcionários têm acesso facilitado a informações de números e indicadores, de forma que isso se transforme em conhecimento e mote para as ações de marketing desenvolvidas.

 

Desafios do setor

 

A entrega dos prêmios foi antecedida pela palestra "A Panificação do futuro e os desafios atuais", na qual o presidente do ITPC e coordenador nacional do Propan, Márcio Rodrigues relatou vários desafios pelos quais passa o setor de Panificação e Confeitaria brasileiro. De acordo com Rodrigues, "todos os dias o consumidor nos desafia", lembrando que atender o cliente é um desafio diário, pois muitas vezes ele traz em seus pedidos na área de vendas ou no seu comportamento os reflexos das mudanças sociais, que interferem na sua forma de consumo. Consequentemente, as padarias e confeitarias têm que estar atentas a essas mudanças e se estruturar de forma que consigam suprir as necessidades apontadas pelas pessoas.

 

Além disso, Rodrigues também trouxe a necessidade de se evoluir na qualidade de produtos e processos, que vem fazendo com que os processos, seja de produção, atendimento e mesmo na gestão financeira. Essa é uma exigência rotineira, que as empresas devem levar em conta, pois o cliente pode até sinalizar algo errado na empresa - como um produto faltante num horário em que normalmente teria várias unidades à venda -, mas não mostra diretamente onde está o erro. "O cliente mostra uma noção do erro; cabe depois ao empresário verificar onde está a falha no processo, corrigindo o processo que levou ao deslize percebido pelo consumidor", ressaltou.

 
 
 
CLIPPING DAPANIFICAÇÃO
BRASILEIRA
Acompanhe semanalmente o compilado de notícias sobre o setor de panificação e confeitaria
NEWSLETTER PANIFICAÇÃO EM REDE
Acompanhe as últimas novidades do convênio ABIP/ITPC/SEBRAE
 
 
CONTATO
ESCRITÓRIO CENTRAL BELO HORIZONTE
Rua Espírito santo, 1204 - 10º andar - centro 30160-031 - Belo Horizonte/MG
(31)2101-9999
propan@propan.com.br
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
 ASSINE